O jeito mais fácil para entender a Estabilização Segmentar Terapêutica

Estabilização Segmentar Terapêutica

O que é estabilização segmentar terapêutica?

A estabilização segmentar é um conceito relativamente novo. O conceito diz que alguns músculos profundos que deveriam estabilizar a coluna para realizar um movimento não o fazem.

Exemplo:

Você está sentado na cadeira. Para levantar vai precisar aproximar os pés da cadeira, isso aproxima o centro de gravidade e diminui a força necessária para levantar o corpo.

Depois vai inclinar o seu tronco para frente (também para aproximar o centro de gravidade e impulsionar seu corpo) e inicia a contração do músculo da coxa (músculo quadríceps) e fica em pé usando outros músculos.

Porém, nesse movimento existem alguns músculos pequenos e profundos que até então eram desprezados por muitos profissionais da área da saúde.

Esses músculos contraem e deixam a coluna “presa” para que você fique em pé sem que haja deslizamento, rotação ou algum outro movimento de uma ou duas vértebras.

Provavelmente deve saber que o movimento de uma ou duas vértebras de forma desordenada vai provocar, no mínimo, MUITA DOR!

Agora que vem o mais alarmante, algumas pesquisas indicam que esses músculos deixam de contrair em algumas pessoas.

Imagine você ter o risco de sentir muita dor (MUITA MESMO) todas as vezes que for ficar em pé, quando for sentar, entrar e sair do carro, deitar na cama, levantar da cama, subir ou descer escada, etc.

Muito ruim não acha?

A Solução?

A solução é procurar um Fisioterapeuta que tenha conhecimento em Estabilização Segmentar Terapêutica! O Fisioterapeuta irá “acordar” esses músculos com exercícios que parecem extremamente simples!

Os exercícios devem ser feitos com muita atenção, o ideal é não ter distração como televisão e conversas.

Procure seu Fisioterapeuta e conheça os benefícios da Estabilização Segmentar!

Como explicar para seu paciente a Estabilização Segmentar Terapêutica?

Assista ao vídeo abaixo e veja como explicar para seu paciente essa excelente técnica.

Author: Thiago Nishida

Share This Post On