3 dicas essenciais para comprar materiais ergonômicos

3 dicas essenciais para comprar materiais ergonômicos

Não compre nenhum material ergonômico para a sua empresa antes e ler esse artigo! Também recomendo que assista ao vídeo antes de comprar. Isso vai economizar um bom dinheiro para a sua empresa!

1) Nem todo material serve para todo mundo

Não conte quantos computadores tem na empresa e solicite mousepads anatômicos para todos!

Eu falo isso, pois fiz um cliente comprar 100 mousepads e descobri que 5% pioravam com o uso do mousepad. Eles passaram a usá-lo invertido. Isso também aconteceu com o apoio para teclado.

Dica: compre 50% use e passe um questionário inverta para os 50% e repasse o questionário.

Porém se sua empresa trabalha com baias e utiliza turnos, aí vai ter que comprar tudo. Nesse caso oriente seu colaborador a inverter o mousepad ou retirar o suporte para teclado caso sinta desconforto. Acredito que essa orientação deve ser bem clara porque muitos acreditam que todo material ergonômico é bom para todo mundo, mas eu garanto que não!

O legal desses materiais é que o colaborador vai perceber em poucos dias que o mousepad ou o apoio para teclado ou qualquer outro material ergonômico não é para ele.

 

Material Ergonomico

Material Ergonomico

2) Prioridades dos materiais ergonômicos

Isso não é regra, porém listei aqui algumas prioridades para a compra de material ergonômico na sua corporação.

Normalmente as empresas solicitam uma avaliação para um profissional capacitado com um fisioterapeuta para saber quais comprar e quais não comprar. Segue as minhas sugestões em ordem de prioridade.

  1. Suporte para Notebook: O Notebook foi feito para trabalhar em viagem, reunião e não o dia todo! Um suporte para notebook + 1 teclado USB + 1 Mouse USB vai aliviar bastante o desconforto causado para quem fica muito tempo no computador.
  2. Suporte para monitor: Um suporte para monitor é, na minha opinião, o mais importante, pois ele determina a posição da cabeça, que influencia os braços e o restante da coluna.
  3. Apoio de pé: Isso é importante para evitar um peso excessivo nas coxas e diminuir a circulação, causando varizes, dores e inchaço. Porém nesse caso deve-se avaliar se o seu colaborador tem altura insuficiente para alcançar o chão sem esforço.
  4. Mousepad com suporte e suporte de teclado: muitos consideram esses dois itens como fundamental, porém ele não costuma ser tão relevante, exceto em casos na qual o profissional é, basicamente, um digitador.
  5. Cadeira: a cadeira é muito importante e pode ser a prioridade número 1 quando ela não for adequada para a função. Em breve farei um video só para explicar as cadeiras e todas as suas regulagens!

3) Avalie a função

Uma história real…

Uma vez avaliei um cliente e em uma sala tinha 2 meninas que tinham a mesma mesa, a mesma cadeira, o mesmo notebook e inclusive eram até parecidas. Eu solicitei 1 apoio para notebook, 1 teclado USB e 1 mouse USB só!

Isso aconteceu porque foi avaliado a função delas. Uma tinha a função de escrever relatórios. Não saia de lá. A outra fazia visitas todos os dias, ficava 2 a 3 horas/dia no computador e ainda era dividida em 1 hora de manhã e 2h à tarde!

Veja a função e não o posto de trabalho! Dê tudo para quem digita muito!

4) Bom Ambiente de trabalho

Acabe com a crença que basta comprar todos os materiais que seu posto de trabalho não terá mais problema! Isso não acontece!

Ergonomia não é só isso! Não esqueça só o mobiliário não adianta! Crie um ambiente agradável, todos os dias você deve ter alguns momentos de descontração, uma piada, um café, uma risada…

Author: Thiago Nishida

Share This Post On