Diarreia em Crianças e Adultos – Sintomas, Causas e Tratamento

A diarreia é a ocorrência de fezes mais soltas ou mais frequentes do que é normal. E afeta a maior parte das pessoas de tempo em tempo e,  geralmente, não existe motivo para se preocupar. No entanto, pode ser angustiante e desagradável até que passe, o que normalmente leva alguns dias a uma semana.

 

Causas da Diarreia

Há muitas causas diferentes para diarreia, mas uma infecção intestinal, a gastroenterite é uma causa comum em adultos e crianças. A gastroenterite pode ser causada por:

– um vírus, como o rotavírus

– bactéria, como E. coli, que é muitas vezes a partir de um alimento contaminado

– um parasita, como o parasita que causa giardíase, que está espalhado em água contaminada

Estas infecções podem às vezes acontecer durante viagem no exterior, particularmente áreas com padrões precários de higiene pública. Isso é conhecido como diarreia de viajante. A diarreia pode também ser resultado de ansiedade, alergia alimentar, medicamento, ou uma condição de longo prazo, como síndrome do intestino irritável.

 

O que Fazer ao Ter Diarreia

Na maioria dos casos, a diarreia se resolve após alguns dias sem tratamento, e a pessoa pode não precisar ver o médico. No entanto, a diarreia pode levar à desidratação, assim deve beber bastante líquido, pequenos e frequentes goles de água, até que passe. É muito importante que os bebês e crianças pequenas não fiquem desidratados.

O farmacêutico pode sugerir usar uma solução de reidratação oral se a pessoa ou criança está particularmente em risco de desidratação. Deve-se comer alimentos sólidos assim que se sentir capaz. Se estiver amamentando ou alimentando com mamadeira o bebê e eles têm diarreia, deve-se tentar alimentá-los normalmente.

Ficar em casa até ao menos 48 horas após o último episódio de diarreia para evitar espalhar qualquer infecção aos outros. Os medicamentos reduzem a diarreia, como loperamida, são disponíveis. No entanto, estes não são geralmente necessários, e a maioria dos tipos não deve ser dada para crianças.

 

Quando Visitar o Médico

Contatar o médico por orientação se estiver preocupado sobre si ou a criança. É importante visitar o médico se a diarreia é particularmente frequente ou grave, ou associada com outros sintomas, como:

– sangue nas fezes do adulto ou criança

– vômito persistente

– uma dor estomacal contínua ou grave

– perda de peso

– sinais de desidratação, incluindo sonolência, urina frequente, e sensação de tontura ou vertiginosa

– as fezes estão escuras ou negras, isso pode ser um sinal de sangramento no interior do estômago

DICA: a cor do sangue determina a localização da “ferida”, por exemplo, fezes com sangue vivo indica um sangramento próximo do reto. Por outro lado, fezes com sangue escuro indica um sangramento no “meio do sistema digestório”.

É dever também contatar o médico se a diarreia do adulto ou criança está particularmente persistente, já que isso pode ser um sinal de um problema mais grave. Na maioria dos casos, a diarreia deve passar dentro de alguns dias.

 

Sintomas da Diarreia

A diarreia é quando a pessoa frequentemente libera fezes soltas ou aquosas. Algumas pessoas podem também ter outros sintomas, dependendo do caso. Os sintomas associados podem incluir:

– cólicas estomacais

– náusea e vômito

– dor de cabeça

– perda do apetite

A perda excessiva de água nas fezes pode às vezes também levar à desidratação, que pode ser grave se não reconhecida e tratada rapidamente.

 

Sinais da Desidratação

Os sinais da desidratação em crianças podem incluir:

– irritabilidade ou sonolência

– urina não frequentemente

– pele pálida ou manchada

– mãos e pés frios

– parecem ou se sentem mal a piorar

Sinais da desidratação em adultos podem incluir:

– cansaço e falta de energia

– perda do apetite

– náusea

– sensação de tontura

– vertigem

– língua seca

– olhos fundos

– câimbras musculares

– batimento cardíaco rápido (taquicardia)

 

 

Tratamento para Diarreia

Ela geralmente se resolverá sem tratamento após alguns dias, particularmente se é causada por uma infecção. Nas crianças, a diarreia geralmente vai passar dentro de 5 a 7 dias e raramente durará mais do que 2 semanas.

Em adultos, a diarreia geralmente melhora dentro de 2 a 4 dias, embora algumas infecções possam durar uma semana ou mais. Enquanto aguardando a diarreia passar, é possível aliviar os sintomas por seguir a orientação abaixo.

 

– Beber Líquidos

É importante beber bastante líquido para evitar desidratação, particularmente se estiver também vomitando. Tomar goles pequenos e frequentes de água. Idealmente, os adultos devem beber muitos líquidos que contenham água, sal e açúcar. Os exemplos são água misturada com suco e caldo de sopa. Se estiver bebendo líquido suficiente, a urina será amarelo claro ou quase transparente.

É também importante para os bebês e crianças pequenas não ficar desidratado. Dar goles pequenos para a criança de água, mesmo que estejam vomitando. Uma pequena quantidade é melhor que nada. O suco de fruta ou bebidas gasosas devem ser evitadas, já que podem piorar a diarreia em crianças.

Se estiver amamentando ou alimentado o bebê com mamadeira e eles têm diarreia, deve-se continuar a alimentar como normal. Contatar o médico imediatamente se o adulto ou criança desenvolver quaisquer sintomas de desidratação.

 

– Soluções de Hidratação Oral

O médico ou farmacêutico podem sugerir usar uma solução de hidratação oral, para prevenir a desidratação se estiver em risco, por exemplo, se estiver frágil ou for idoso. A solução de hidratação oral pode também ser usada para tratar desidratação que já ocorreu.

As soluções de hidratação geralmente aparecem em saches disponíveis com o farmacêutico sem a prescrição. E são dissolvidos em água e substituem o sal, glicose, e outros minerais importantes que são perdidos se estiver desidratado.

O médico ou farmacêutico podem recomendar dar solução de hidratação oral para criança se estão desidratados ou em risco de ficar. A recomendação usual é para a criança beber solução de hidratação oral a cada vez que tiver um episódio de diarreia. A quantidade que deve beber dependerá do tamanho e peso deles.

O farmacêutico pode orientar sobre isso. As instruções de fabricante devem também oferecer informação sobre a dosagem recomendada. É possível também dar ao bebê uma solução de hidratação oral se ficarem desidratados, mas verificar com o médico, farmacêutico, primeiro.

 

– Alimentação

A opinião é dividida sobre quando e o que deve comer se tiver diarreia. No entanto, a maioria dos especialistas concorda que deve comer alimento sólido assim que se sentir capaz. Comer refeições leves e pequenas e evitar alimentos gordurosos ou picantes. Bons exemplos são batatas, arroz, bananas, sopa, e vegetais cozidos. Os alimentos salgados ajudam mais. Não precisa comer se perdeu o apetite, mas deve continuar a beber líquidos e comer assim que se sentir capaz.

Se a criança estiver desidratada, não dar a ela qualquer alimento sólido até que tenham bebido líquidos suficientes. Uma vez que pararam de mostrar sinais de desidratação, podem começar a comer sua dieta normal. Se a criança não está desidratada, oferecer a dieta normal dela. Se, se recusam a comer, continuar a dar líquidos e esperar até que o apetite retorne.

Veja um case de sucesso da Auriculoterapia!


 

 

Medicamento

– Medicamentos Anti-Diarreia

Os remédios anti-diarreia podem ajudar a reduzir a diarreia e levemente encurtar a duração. No entanto, não são geralmente necessários. Loperamida é o remédio principal anti-diarreia usado, já que foi mostrado a ser efetivo e causa poucos efeitos colaterais.

Loperamida retarda os movimentos musculares no intestino, assim mais água é absorvida a partir das fezes. Isso faz das fezes mais firmes e elas são passadas com menos frequência. Uma alternativa para loperamida é um tipo diferente de remédio anti-diarreia chamado racecadotril, que funciona por reduzir a quantidade de água produzida pelo intestino delgado. A evidência sugere que este remédio pode ser tão eficaz como loperamida para tratar diarreia.

Alguns remédios anti-diarreia podem ser comprados de uma farmácia sem a prescrição. Verificar a informação do paciente que vem com o remédio para descobrir se é adequado para si e qual dose deve tomar. Perguntar ao farmacêutico por orientação se não estiver certo.

Não tomar remédios anti-diarreia se há sangue ou muco nas fezes ou tiver febre. Ao invés, deve contatar o médico por orientação. A maior parte dos remédios anti-diarreia não devem ser dados para crianças.

 

– Analgésicos

Os analgésicos não tratarão diarreia, mas o paracetamol ou ibuprofeno podem ajudar a aliviar a febre e dor de cabeça. Se necessário, é possível dar à criança o paracetamol líquido ou ibuprofeno. Sempre ler a informação ao paciente que vem com o remédio para verificar se é adequado para si ou para a criança e encontrar a dosagem correta. Os com menos de 16 anos de idade não devem receber aspirina.

 

 

– Antibióticos

O tratamento com antibióticos não é recomendado para diarreia se a causa é desconhecida. Isso é porque os antibióticos:

– não funcionarão se a diarreia é causada por um vírus

– pode causar efeitos colaterais desagradáveis

– pode ser tornar menos eficiente em tratar condições mais graves se são repetidamente usados para tratar condições leves

Os antibióticos podem ser recomendados se tiver diarreia grave e um tipo específico de bactéria que foi identificada como a causa. E podem também ser usados se tiver um problema de saúde subjacente, como sistema imunológico enfraquecido.

Sobre o tratamento hospitalar, ocasionalmente, o tratamento hospitalar pode ser necessário se o adulto ou criança está gravemente desidratada. O tratamento envolverá administrar líquidos e nutrientes diretamente na veia.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.